Da série “Os piores vídeos de todos os tempos”: The Grand Finale

Rebecca Black

Pois é, tudo que é bom dura pouco e o que e ruim tempo demais, mas finalmente a tortura acabou. Chega ao fim a seleção dos 50 Piores Vídeos de Todos os Tempos feita pela revista inglesa NME e reproduzida pelo zbra.fm.

Olha, durante a semana que passou, nós vimos de tudo (tudo de ruim, diga-se de passagem), mas prepare-se porque o pior está por vir. Com vocês o top 10 das maiores atrocidades visuais.

James Blunt- “You’re Beautiful”

Gente, dá para acreditar que esse cara, cantando desse jeito, era um oficial do exército? Pois é, não dá mesmo. Ok, Blunt, já entendemos que a disciplina de tirar as coisas do bolso e deixá-las em mais completa ordem você aprendeu lá. Clipe mais sem nexo…

The Fray – “How To Save Your Life”

Não importa o quanto uma música é boa (e essa o zbra.fm realmente gosta) ou o quanto ela foi usada em séries e filmes, pois esses fatores não serão suficientes para “salvar” um clipe ruim… Uma pena, tinha tanto potencial… A versão não oficial feita para o Grey’s Anatomy é bem melhor.

Christina Aguilera – “Not Myself Tonight”

Uma cópia barata e mal feita da Madonna, até Lady Gaga faz melhor (ops, acho que não). O vídeo é tão ruim que ele consegue produzir o efeito contrário ao desejado… Sex appeal zero.

Pixies – “Velouria”

Algumas bandas ficam realmente desconfortáveis fazendo videoclipes, principalmente no início de carreira, mas se eles estavam tão sem jeito assim, gravassem uma apresentação ao vivo… Sem comentários.

Razorlight – “Wire To Wire”

Como eu gostaria que o J-Bo (vocalista) tivesse se queimado com o fósforo, assim nos pouparia deste vídeo sofrível… E o que ele fica hipinotizado com o “fogo”?! hahaha

Eric Prydz – “Call On Me”

Acho que o clipe por si só já é uma boa explicação… Sem mais.

Lady Gaga – “Judas”

“Um vídeo cheio de clichês com alusões religiosas, moda de alta-costura e bailarinos que parecem que não tiveram uma boa refeição desde os anos 90. Uma tentativa de fazer algo provocativo à igreja, como Madonna fez, que de tão incrivelmente mal interpretado ficou cômico. É, parece justo que o pior single de Gaga também seja o pior clipe da cantora.” Palavras da NME, e quem sou eu para discordar…

Susan Boyle – “Perfect Day”

Such a perfect day I’m glad I spent it with you…” (“Um dia tão perfeito, eu estou feliz que eu passei com você…”)????? Oi????? Estamos vendo o mesmo clipe??? Pois as imagens não me parecem de um dia perfeito, e sim de um dia nebuloso e sombrio com um clima bem assustador…

Kings Of Leon – “Radioactive”

Os meninos de Oklahoma entraram de cabeça em um confuso mise-en-scene de subtexto racial questionável… E você que achava que Kings Of Leon era uma banda de rock?! Pois é, eles na verdade são missionários cristãos enviados para ensinar crianças em escolas africanas sobre a melhor maneira de usar óculos escuros e jeans rasgados.

Rebecca Black – “Friday”

Isso é o que dá quando uma adolescente quer ser famosa a qualquer custo e pede ao seu pai para bancar um vídeo com orçamento curto e efeitos especiais de gosto duvidoso. Sim, ela conseguiu ficar famosa, mas por ter o pior videoclipe de todos os tempos, e olha que a concorrência foi grande. Parabéns, Rebecca, por sua causa algumas pessoas não podem nem ouvir falar em sexta-feira…

[NME]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s