Zucchero, amore mio

Zucchero no Teatro Bradesco

Aconteceu ontem (26), no Teatro Bradesco, em São Paulo, o show do cantor italiano Zucchero.

Para quem não o conhece, Zucchero é um dos mais talentosos e bem-sucedidos cantores do seu país. Seu estilo singular, o qual mistura rock, blues, folk, r&b, música clássica e, claro, pop romântico, o faz ser um artista completo. O cantor já fez parcerias inusitadas, como, por exemplo, com a banda alemã Scorpions, junto com a Orquestra Filarmônica de Berlim. Eric Clapton, Joe Cocker, Paul Young, Luciano Pavarotti são outros exemplos de artistas com quem Zucchero já tocou. Com esse curriculum, vocês já devem imaginar como foi o show…

Foi a primeira vez que fui ao Teatro Bradesco e fiquei impressionada com o lugar. Lindo, relativamente grande, acústica sensacional e o acesso (fica dentro do shopping Bourbon) é excelente. Apesar de o teatro não estar cheio – o que foi uma pena – o público presente (em sua maioria de fãs fiéis) estava extremamente animado.

Público chegando ao Teatro Bradesco

Zucchero e sua grande e excelente banda de apoio

Zucchero entrou exatamente às 21h15min. Com uma banda grande e excelente de apoio, em sua maioria com instrumentos de corda, incluindo dois violinos, um violoncelo, dois guitarristas, um baixista (um baixo de 6 cordas) e o próprio no violão, o show durou quase 2h. A troca de instrumentos era constante, portanto, às vezes eram dois baixos e por aí vai…O show foi impecável do começo ao fim.

Zucchero tem uma voz potente e sua competência musical, junto com a da sua banda, faz qualquer cantora pop – apoiada em playback – passar vergonha. Uma verdadeira aula de música. Em turnê com seu mais recente álbum “Chocabeck”, seu show não é nem um pouco monótono. Alternando suas baladas mais românticas com sons, nos quais o blues e o rock predominam, o espetáculo agradou tanto os senhores quanto os casais adultos, na faixa dos 30 aos 40 anos.

Público animado e fiel

Confesso que eu nunca fui uma grande conhecedora do trabalho do cantor, decidi ir ao espetáculo por curiosidade e pela oportunidade de poder ver um dos maiores artistas vivos da Itália, mas depois do show – literalmente – de ontem, Zucchero conquistou mais uma fã, e de carteirinha. Acredito que é por ter cantores tão talentosos como ele, que apesar de não saber cantar as músicas de cor – e muitas realmente eu não conhecia – e mesmo assim achar o espetáculo fantástico, que eu amo o que faço, ou melhor, que eu amo música.

Per Zucchero, tutto il mio amore

Assista dois vídeos, do show que rolou ontem no Teatro Bradesco.

2 pensamentos sobre “Zucchero, amore mio

  1. Ricardo disse:

    O show foi simplesmente espetacular! Além disso, as músicas dele têm participação mais do que especial na minha vida com meu amor…
    Parabéns pela cobertura.
    Bjos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s