Tim Maia definitivamente não morreu!

O ator Thiago Abravanel interpretanto Tim Maia

Ontem (22), fui convidada por um casal de amigos queridos para ver “Tim Maia – Vale Tudo, o Musical”, que está em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo.

Apesar de ser fã de musicais, principalmente quando morava em Nova York, onde não ficava uma semana sem ir a algum espetáculo na Broadway, off-Broadway e off-off-Broadway (circuitos alternativos longe da Times Square), não me sinto muito qualificada para fazer críticas. Mesmo envolvendo música, o modo como se canta e outros aspectos diferenciam muito de shows e concertos musicais. É outra história, são outros elementos que têm que ser vistos e analisados juntos, enfim, não é minha especialidade, mas depois do que vi e ouvi ontem, não poderia deixar passar em branco…

Tim Maia, por si só, já é um personagem interessantíssimo. Suas histórias, suas maluquices, seu temperamento e, claro, seu talento são dignos de bons livros, filmes e, por que não, de musicais. Baseado no livro “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia”,

do produtor e crítico musical Nelson Motta, o musical conta a trajetória do polêmico cantor, dos seus 11 anos até o dia da sua morte, aos 55.

Tim Maia

A cenografia – propositalmente – com poucos elementos, jogo de luz e a excelente banda Vitória Régia (grupo do falecido cantor) ao fundo, não faz com que o palco fique pobre, pelo contrário, fica dinâmico e deixa em destaque o talentoso elenco.

É claro que o destaque absoluto é o ator Thiago Abravanel, com apenas 24 anos, neto do lendário Silvio Santos e que incorpora Tim Maia de uma maneira, que parece até coisa do além. A aparência e a voz – o que mais me impressionou – são tão parecidas, que fica realmente difícil de acreditar que não é o próprio Tim que está lá. O garoto sabe representar e canta muito bem. Talento puro.

Elenco do "Tim Maia - Vale Tudo, o Musical"

Musicais, apesar de fantásticos, são um tanto quanto longos demais para o meu gosto pessoal, mas a peça é tão boa, as músicas, o elenco e a história te envolvem de uma maneira, que quando você menos percebe, já acabou e fica com gosto de quero mais. Confesso que no final eu me emocionei, de verdade, e não foi pela história em si, já que apesar do triste fim de Tim Maia, a trajetória de um dos maiores cantores brasileiros é contada com muito bom humor, mas porque o musical é realmente lindo. Parabéns a todos os envolvidos e vida longa ao espetáculo.

Um pensamento sobre “Tim Maia definitivamente não morreu!

  1. Marina disse:

    Nossa eu tava louca para ir nesse musical, depois do que escreveu fiquei com mais vontade ainda!
    Valeu a dica!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s