Escândalo sobre o Ecad cobrar blogs por post com vídeos do Youtube toma proporções internacionais

Desde ontem (8), o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) tem sido o assunto principal entre os “bloggers” e a mídia internacional. Tudo isso porque a instituição, que tem como objetivo proteger os direitos autorais dos artistas, está cobrando uma taxa mensal dos blogs brasileiros, quando estes colocam vídeos do Youtube.

Isso é um absurdo. O Youtube Brasil já paga para o Ecad, portanto, eles cobram duas vezes pela mesma coisa, sem contar que os vídeos são links que redirecionam para o próprio canal de compartilhamento de imagens. O Ecad diz que é a lei, e de fato, a nossa lei é bizarra e arcaica. Não há mudança alguma desde a sua criação em 1998, quando a internet ainda estava engatinhando no Brasil. Só para você ter uma ideia, o nosso país foi classificado como a nação MENOS preparada para receber a tecnologia de nuvens.

Bom, se quiserem mais informações sobre o assunto, leia o artigo que saiu na  Forbes (em inglês). A respeitada revista americana chega dizer que isso é totalmente nonsense e que o Brasil precisa urgente rever suas leis, e o mais importante, com transparência. Sem mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s