Resumo do dia 3

Hoje está sendo um dia atípico. Muito calor e nublado. Acho que, também por ser domingo, as pessoas estão mais cansadas, afinal já estamos no terceiro dia.

Tivemos logo cedo a apresentação bem “dançante” do grupo The Dirty Dozen Brass Band. Mas uma das atrações que mais agitaram o público e que também mais atraíram os fotógrafos foi o trompetista e showman Glen David Andrews, com participação da violinista igualmente show woman, Amanda Shaw. A tenda dedicada ao Blues  – climatizada com dispositivos de vapor de água que, hoje, não estavam dando conta – ficou pequena, tamanho o público que eles atraíram.

The Dirty Dozen Brass Band

Glen David Andrews e Amanda Shaw

Tenda de blues

Já o espanhol Alejandro Sanz foi quem atraiu o maior público hispânico, e  gritos histéricos (femininos) por metro quadrado, no Congo Square Stage. A espanhola Marina, moradora de New Orleans, que o diga!!!

A espanhola Marina

Fechando a tarde de domingo, ainda no palco Congo Square, o show do John Legend & The Roots foi quem atraiu mais público, porém hoje as cadeiras roubaram a maioria dos espaços da arena, aliás, hoje todo mundo parecia querer ficar sentado.

É a ressaca de domingo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s