Impossível ser feliz sozinho…

Certa vez, um amigo me disse que há uma grande diferença entre viajar sozinho e viajar e se sentir sozinho. Bom, no meu caso, eu me identifico mais com a primeira opção.

Adoro viajar sozinha e, sinceramente, acho que se você não consegue ficar bem com você mesmo, em sua própria e única companhia, você não conseguirá ficar bem com ninguém. Já dizia o poeta que é impossível ser feliz sozinho, concordo, mas só quando você também tem liberdade para ficar sem ninguém enchendo o seu saco de vez em quando… rs…rs…

Na verdade, quando você viaja sozinho, você acaba conhecendo muito mais gente do que se estivesse com outras pessoas. Não sei se por compaixão, pena ou porque simplesmente estão a fim de puxar papo e conhecer novas pessoas, mas sozinha aqui é uma coisa que eu não estou.

Conheci dezenas de pessoas nesses quatro dias e tenho certeza de que ainda conhecerei mais outras dezenas. Não  à toa que um dos “apelidos” de New Orleans é “The City that Care Forgot”, associada à natureza amistosa de seus habitantes. Bom, tenho que concordar que New Orleans faz jus a esse nome, como também acaba influenciando todos os visitantes da cidade a se comportarem como tal.

Curiosamente, o local onde tenho feito mais amigos é no ônibus, indo ao festival ou voltando dele, eles simplesmente me veem sentada sozinha e, pronto, a conversa começa: “Mas você está sozinha? Por quê? De onde você vem? O que faz aqui sem ninguém? Ah, mas você tem que ficar com a gente durante o festival, vem, vou te apresentar aos meus amigos”…

Por isso, decidi que vou fazer alguns posts dos amigos que fiz pelo caminho (não só a caminho do festival)…

Umas das novas amigas que fiz são três simpáticas jovens senhoras, Kelly, Kim e Kim, as quais pela primeira vez vêm ao New Orleans Jazz Fest. Queriam de todo jeito que eu fosse a nova “K” do grupo. Elas se conhecem desde o colegial, moram em Lake Charles (a umas 3 horas de New Orleans) e, digamos assim, são bem moderninhas, traziam um cooler lotado de cerveja, e enquanto isso, os maridos trabalhando. Ponto para elas!!!

As 3 "Ks"

Dedico esse post às 3 “Ks”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s